Melhores horários do PRONTO-SOCORRO
SEXTA-FEIRA 07/05/2021 - 02:05
IMEDIATO
EMERGÊNCIA
00:02
URGÊNCIA
00:31
POUCA URGÊNCIA
Tempo para atendimento
médico após cadastro
x

Engenharia Clínica


A engenharia clínica é uma manutenção especializada, responsável pelos equipamentos eletromédicos ou biomédicos. O setor é encarregado pelo cuidado de todos os equipamentos usados por profissionais da saúde, de pequeno e grande porte: desde um termômetro infravermelho até os aparelhos de Tomografia, Raio X e Ressonância Magnética. Todo equipamento que serve para aferir dados do paciente deve passar por uma verificação da equipe de engenharia clínica.

O setor tem algumas rotinas para garantir o bom funcionamento dos equipamentos. Diariamente, um técnico da engenharia clínica faz uma ronda em todo o prédio do Hospital, com ênfase maior em alguns setores específicos, que são mais críticos. Essa é a rotina preditiva, que consiste em fazer algumas verificações, como a checagem do nível do Hélio na Ressonância Magnética.

Além disso, há as manutenções preventivas, que são programadas de acordo com o manual do fabricante do equipamento. Nestes casos, a equipe de engenharia clínica para o equipamento para fazer revisões, ajustes e uma aferição. Também é feita a calibração de todos os equipamentos com uma empresa terceirizada.

Quando ocorre uma falha em algum aparelho, a equipe é acionada para a manutenção corretiva. Um diferencial da engenharia clínica do Hospital Infantil Sabará é que o técnico trabalha com um tablet, o que agiliza o processo.

 

  • O que faz de diferente

Nas manutenções, o Sabará só utiliza acessórios e peças originais do fabricante. Isso garante a segurança do paciente.

A maior parte dos nossos equipamentos são configurados especialmente para as crianças, como o ventilador, o aparelho que auxilia na respiração de pacientes intubados. Há módulos ventilatórios específicos para a pediatria. Outro exemplo é o sensor de oximetria (aquele que é colocado no dedo para verificar a oxigenação no sangue do paciente): usamos um modelo menor, específico para o dedo das crianças, que garante uma medição mais precisa.

O aparelho de Raio X tem um software pediátrico, que calcula a densidade do paciente e emite a quantidade de radiação que ele precisa. Também armazena a quantidade de radiação que o paciente tomou num certo período, para que o limite seja controlado.

Autor: Equipe Sabará

Atualizado em: 04/2/2020